segunda-feira, 23 de janeiro de 2017

Fresno + Zimbra - 05/02/2017 - Campinas

 Dia 5 de fevereiro, domingo, a banda Fresno apresenta show de lançamento do álbum "A Sinfonia de Tudo Que Há" em Campinas. O evento ainda contará com apresentação da banda Zimbra e de bandas convidadas.
 "A Sinfonia de Tudo que Há" é um álbum conceitual, que conta uma história com começo, meio e fim. Sua gravação se deu em diversos estúdios entre São Paulo e Rio de Janeiro, com boa parte do processo se dando no estúdio que Lucas Silveira, vocalista e produtor do disco, tem em sua casa. Caetano Veloso canta em uma das faixas, "Hoje Sou Trovão", fato esse que, quando divulgado, causou muito barulho tanto na internet quanto na mídia impressa. O novo álbum da Fresno conta com 11 músicas autorais, nas quais a banda abrange um espectro sonoro ainda maior do que nos álbuns "Infinito" (2012) e no EP "Eu Sou A Maré Viva", de 2014. Passagens densas e pesadas se revezam com trechos introspectivos, ora contando com orquestrações completas (regidas por Lucas Lima), ora se fazendo valer de tambores regionais típicos da música afro-brasileira.


 Foram 17 anos de uma trajetória incansável e tortuosa, com eventuais acidentes de percurso e alguns feridos pelo caminho. Superando rótulos, sobrevivendo a modismos e se reinventando quando parecia acabada, a Fresno venceu sua corrida particular.

domingo, 22 de janeiro de 2017

4 Estações Ou Encontros e Desencontros - 27/01/2017 - Campinas

 Nesta sexta-feira, dia 27 de janeiro, o espetáculo teatral 4 Estações Ou Encontros e Desencontros, com Gabriela Veiga e Vinícius Piedade, será apresentado no SESC Campinas.
 Quatro histórias diferentes com pontos de contato. Um obsessivo ex-marido persegue a ex-mulher. Um motoboy apaixonado pela secretária de seu escritório. Uma atriz em crise aceita posar nua para um fotógrafo. Um homem e uma mulher se encontram no terraço. A cada estação uma revelação.



Chapeuzinho Vermelho - 28 e 29/01/2017 - Campinas

 No dias 28 e 29 de janeiro, sábado e domingo, o espetáculo infantil Chapeuzinho Vermelho será apresentado em Campinas. A peça faz parte do “Festival Infantil 2017” do teatro.
 Nesta versão de Chapeuzinho Vermelho o Le Plat du Jour, e o diretor Fernando Escrich, optaram por fazer um espetáculo divertido e visualmente interessante para crianças de todas as idades, sem perder de vista um fator muito importante: o de quem as leva ao teatro. E foi pensando nisso que idealizaram um espetáculo que possibilite também ao adulto o prazer de estar ali.


 Tudo começa como uma grande brincadeira, onde duas palhaças descobrem um armário cheio de chapéus. Estes chapéus as conduzem por uma “viagem de brincadeiras”, onde o fio condutor é dado pela história de Chapeuzinho Vermelho. Ora contam a história, ora brincam com os elementos da mesma, ou seja, há uma tônica constante no fato de serem duas palhaças tentando fazer o melhor para conseguirem contar a história….
 Os chapéus definem os personagens. Quando os colocam tornam-se a Chapeuzinho Vermelho, o Lobo Mau, a Mãe, a Avó e o Caçador. Quando os tiram transformam-se em palhaças, tornando-se clara a ”brincadeira dentro da brincadeira”, assim como a linguagem do teatro dentro do teatro.

Fonte: Assessoria de Imprensa

sábado, 21 de janeiro de 2017

Pierrô, Confete e Serpentina - 27/01/2017 - Campinas

 No dia 27 de janeiro, sexta-feira, o espetáculo infantil Pierrô, Confete e Serpentina será apresentado em Campinas. A peça faz parte do “Festival Infantil 2017” do teatro.
 Três divertidos personagens, Pierre Pierrô, Carlos Confete e Chica Serpentina, fazem A Jardineira deixar de ser tão triste e ganhar um sotaque português, deslizam pelas marchinhas de Braguinha, e apresentam Tia Ciata, com suas festas que quase acabaram na delegacia e com todo mundo sambando, até o delegado!


Carmencita - 26/01/2017 - Campinas

 No dia 26 de janeiro, quinta-feira, o espetáculo infantil Carmencita, com Cris Miguel, será apresentado em Campinas. A peça faz parte do “Festival Infantil 2017” do teatro.
 Um espetáculo intimista musical e interativo, juntando a linguagem clown, teatro de bonecos, dança flamenca e música ao vivo, com acordeom, voz, castanholas e pequenas percussões para brincar. E a história ficou mais ou menos assim: a renomada mezzo soprano “Cristianita” vai apresentar sua ópera e de sua mala saem os personagens Carmencita, Don Josecito, Escamilito, Micaelita e até um touro chamado Pablito. Eles cantam, se divertem, brigam também e se apaixonam! Para fazer esta brincadeira, Cris Miguel se inspirou na famosa Ópera “Carmen” de Georges Bizet que originalmente conta a história de uma cigana que enfeitiça os mocinhos com sua música e sua dança.